Qual o Tratamento para Apneia do Sono?

Todos nós já dormimos ao lado de alguém que ronca, e faz aquele barulho de engasgo, nem precisamos dizer que a experiência é desagradável. Mas e quando nós roncamos ? Será que tem como resolver ? Roncar pode trazer diversos prejuízos na vida de uma pessoa, tanto no quesito saúde, quanto no social.

Todos que roncam já passaram por situações constrangedoras e quiseram se livrar disso, mas não conseguiram. Hoje falaremos da apneia do sono, suas causas, seus sintomas e tratamentos. Confira!

O que é a apneia do sono ?

Antes de mostrar quais são os seus tratamentos, que tal definirmos o seu conceito ? As pessoas roncam devido o estreitamento nas vias aéreas, que por sua vez, dificulta a respiração e gera uma vibração que faz o barulho do ronco.

Já na apneia do sono, essas vias aéreas não se encurtam, elas se fecham completamente. Por isso, podemos dizer que, a apneia do sono é caracterizada por inúmeras pausas respiratórias durante o sono. De acordo com estudos, tal condição é mais comum em homens, tendo em sua maioria afetada, 75% homens e 25% mulheres. Pode-se constatar que, 4% dos homens da população brasileira sofrem de apneia do sono.

Existem três tipos diferentes de apneia do sono:

  • Apneia obstrutiva do sono: Tal condição é a mais comum da apneia do sono. Nela ocorre o relaxamento dos músculos da área do pescoço, e a contração das vias aéreas, o que causa as repetidas pausas na respiração durante o sono.
  • Apneia central do sono: Nessa forma, o motivo da apneia já não vem das vias aéreas, e sim ao diafragma e aos músculos do tórax. Tais partes do corpo param de trabalhar, fazendo os níveis de oxigênio do corpo caírem. O cérebro por sua vez recebe esses sinais e causa um coque que desperta a pessoa, fazendo ela acordar para respirar. Essa condição é mais comum em pessoas de idade.
  • Apneia mista: A outra forma da apneia do sono é a apneia mista, forma caracterizada e desenvolvida nos componentes centrais e obstrutivos ao mesmo tempo.

Quais são os sintomas da apneia ?

Há inúmeros sintomas que se desencadeiam junto com a apneia, um deles é a questão social. A pessoa que sofre com a apneia, torna totalmente desagradável a experiência de quem dorme ao seu lado, devido as paradas respiratórias e o barulho feito, seu sono é de má qualidade e o de quem está perto também.

Tendo um sono ruim, vários outros sintomas se desenvolvem, falta de concentração durante o dia, sonolência no trabalho, stress e cansaço pela falta de descanso e até dores de cabeça ao despertar de manhã. Todos esses sintomas vão afetar o seu rendimento no trabalho e deveres diários, podendo atrapalhar o lazer e a vida sexual.

O que eu posso fazer para fugir da apneia ?

Existem algumas medidas comportamentais que o paciente refém da apneia pode tomar, sem a necessidade de um acompanhamento médico ou tratamento clínico. Entre elas está:

  • Perder peso;
  • Não consumir álcool antes de dormir;
  • Evitar remédios para dormir;
  • Dormir de lado e
  • Usar medicamentos contra congestão nasal.

Todas essas são medidas simples que você mesmo pode aderir no seu cotidiano. Caso o paciente esteja praticando todos esses requisitos, e a apneia não esteja sumindo, é indicado sim procurar um neurologista especialista na área. Com isso, já existem alguns procedimentos que podem ser feitos para tratar a apneia.

Quais são esses tratamentos ?

Dentre os tratamentos que precisam de um profissional para surtirem efeito e tratarem a doença, estão:

  • Uso do CPAP: O CPAP ( contínua pressão na área positiva ) é um aparelho altamente eficaz. Seu tratamento gira em torno de uma máscara posta no nariz, que através de um compressor de ar, força a entrada do oxigênio no nariz e nas vias aéreas. Por mais que essa pressão seja bem leve, ela faz com que as vias se mantenham abertas durante a noite toda e a pessoa respire e durma bem. Tal procedimento pode ser feito em casa pelo paciente, com o acompanhamento médico, ou em ambiente clínico com o profissional.
  • Aparelhos intra-orais: Outro aparelho que pode ser usado para combater a apneia é o DAM, dispositivo de avanço mandibular. Esse dispositivo tem como intuito, manter a posição da mandíbula e da língua numa área posterior que impeça o estreitamento das vias na garganta.
  • Cirurgia: Anormalidades encontradas nas regiões da amídala, raiz, queixo e palato que causam a apneia, também podem ser concertadas através de cirurgias.

Quem somos ?

Caso você ainda não nos conheça, somos a Clínica Jin – clínica odontológica que visa sua saúde 360. Acreditamos no atendimento humanizado e buscamos trabalhar sob o lema: “não tratamos bocas, tratamos pessoas”. Para maiores informações, segue um vídeo de apresentação da Clínica Jin:

Atenção: nenhuma das informações confirmam o diagnóstico do paciente ou substituem uma consulta presencial!

Para mais conteúdos como esse, acesse nosso blog ou entre em contato conosco.