Tenho uma Ferida Dentro da Boca que não Melhora, O Que Pode Ser ?

As lesões bucais podem ser provocadas por aftas, impactos fortes, irritações ou até por infecções, virais ou bacterianas. Um exemplo de infecção viral comum entre as pessoas é a herpes labial, surgem pequenas bolhas na região dos lábios que causam dor e ardência.

Caso a úlcera permaneça por volta de 10 dias e não suma, o paciente pode estar enfrentando situações de maior gravidade. Deve-se estar atento ao líquen plano, sífilis, cancro mole oral, lúpus ou alergias à medicamentos como alendronato, anti-inflamatórios ou quimioterapias.

As feridas que surgem na nossa boca podem ser malignas ou benignas, causar problemas sérios à nós ou não, podem variar de tamanho, localização, intensidade de dor e ardência. Normalmente, somem em um período de 7 à 10 dias, entretanto, dependo da dor, resistência da lesão e sintomas do paciente, pode ser necessário o uso de medicamentos como antibióticos, corticoides ou imunossupressores.

Vale pontuar que não se deve procrastinar, caso surjam feridas na sua boca, procure o mais rápido possível um profissional dentista capaz de te diagnosticar, acompanhar e tratar. Para ajudar na identificação das suas lesões, listamos aqui algumas das causas das feridas surgirem.

1.Aftas

Cientificamente conhecida como estomatite aftosa, a afta é caracterizada pelo nascimento de pequenas úlceras arredondadas no interior da superfície bucal. Tais bolinhas, podem aparecer na bochecha, gengiva, lábios, língua, palato, e em qualquer lugar da superfície bucal, causando extremo desconforto e em alguns casos, dificuldade ao falar e comer.

Existem diversas causas para o surgimento das aftas, entre elas está a mordida errada, consumo em excesso de substâncias cítricas, falta de vitaminas no corpo, alergia a medicamentos e até mesmo pelo estresse. A imunidade baixa também contribui para o surgimento de aftas recorrentes quando sua causa não é ao certo definida.

A afta costuma cicatrizar-se sem a necessidade de recorrer a medicamentos, no entanto, em casos de dor e incômodo que não haja uma melhora no período de uma semana, pode ser viável o uso de pomadas anestésicas. Entre elas está benzocaína, e corticóides como Triancinolona ou Fluocinonida. Contudo, se medicar não é o suficiente, devemos manter uma boa alimentação e nutrição para sustentar o sistema auto imune.

Todas essas feridas são estudadas, tratadas e diagnosticadas pelo estomatologista, profissional dentista especializado na área da estomatologia.

2. Herpes labial

As feridas da nossa boca também podem surgir através de infecções virais, o que é muito comum. Para acabar contraindo uma herpes labial, é preciso ter contato com o vírus herpes simplex, por meio de contato direto com secreções de outras pessoas.

A herpes labial, gera pequenas bolhas avermelhadas na região dos lábios, tais lesões, acompanham dores, ardências e coceiras intensas.

Os sintomas tendem desaparecer em um período de até 2 semanas. É indicado a busca por um profissional que possa te receitar medicamentos antivirais como o Aciclovir, produto capaz de agilizar o processo de cicatrização e que pode amenizar os sintomas com efeitos analgésicos.

3. Machucados

Mesmo que sem perceber a causa, acabamos gerando pequenas feridas na boca no nosso dia a dia. Há algumas causas definidas como o uso de aparelhos ortodônticos, ingestão de alimentos ou líquidos muitos quentes ou muito gelados e o contato da mucosa com substâncias ácidas.

Outras causas também podem ser ditas como o crescimento errado de um siso, mordida errada, prótese mal ajustada e escovação exagerada. A verdade é que o tecido que cobre a parte interior da nossa boca é delicado e facilmente pode ser obstruído, por preste muita atenção ao que entra em contato com sua boca.

Essas lesões podem causar certo incômodo, no entanto, evite cutucá-las e tocá-las. O uso de pomadas cicatrizantes como o Policrusuleno é indicado.

4. Outras doenças

Outra causa para a aparição das lesões bucais são doenças, algumas, sistêmicas que têm repercussão bucal, entre elas estão:

  • Pênfigo
  • Doença de Behçet
  • Líquen Plano
  • Lúpus eritematoso
  • Doença celíaca
  • Câncer
  • Doença de Crohn
  • Eritema multiforme

As doenças auto-imunes ou gastrointestinais podem trazer sim lesões bucais, que por sua vez, tendem a ser mais duradouras e acarretar outros sintomas como febre, diarreia, lesões genitais, perda de peso e outros.

Nessas situações é importante buscar um especialista clínico geral ou dentista que possa fazer os exames necessários e tratar das doenças.

Quem somos ?

Caso você ainda não nos conheça, somos a Clínica Jin – clínica odontológica que visa sua saúde 360. Acreditamos no atendimento humanizado e buscamos trabalhar sob o lema: “não tratamos bocas, tratamos pessoas”. Para maiores informações, segue um vídeo de apresentação da Clínica Jin:

Atenção: nenhuma das informações confirmam o diagnóstico do paciente ou substituem uma consulta presencial!

Para mais conteúdos como esse, acesse nosso blog ou entre em contato conosco.