Clinica Jin - ORTODONTIA

ORTODONTIA

Crédito: PublicDomainPictures por Pixabay

A Ortodontia é a especialidade da Odontologia responsável pelo diagnóstico e tratamento da má oclusão, ou seja, mordida errada. Isso significa que a Ortodontia cuida de problemas relacionados ao encaixe do maxilar superior com a mandíbula. O tratamento de tais condições ocorre principalmente com a utilização dos aparelhos ortodônticos. No entanto, a Ortodontia cuida muito mais do que o simples alinhamento dos dentes. Assim como outros profissionais da Odontologia, sua ação tem como objetivo trazer mais qualidade de vida ao paciente.

Como a Ortodontia se relaciona com o bem-estar do paciente

Quando os dentes não estão alinhados corretamente o paciente pode sofrer diversos tipos de problemas. Um deles é funcional, ou seja, pode haver dificuldade na mastigação e na fala. Até o sistema digestório pode ser comprometido.

Além disso, o paciente pode sofrer uma sobrecarga da ATM, a articulação que liga o crânio à mandíbula. Isso gera a disfunção temporomandibular, conhecida como DTM. A DTM pode gerar dores de cabeça, dores de ouvido e dores musculares em geral.

Problemas de mordida também podem tornar os dentes mais tortos e difíceis de serem higienizados. Com isso, o paciente se torna mais suscetível a doenças inflamatórias e cáries na cavidade bucal.

Outro problema tem a ver com a questão da aparência. Por isso, além de tratar diversos problemas de encaixe, o aparelho ortodôntico também visa melhorar a estética facial. Isso ajuda a devolver a autoestima do paciente e melhorar sua qualidade de vida.

Como saber quando devo procurar um ortodontista?

Geralmente, os pacientes procuram um ortodontista quando se sentem desconfortáveis com o alinhamento dos seus dentes. Essas pessoas às vezes têm vergonha de sorrir, o que causa prejuízo para a sua vida social. Este é um dos motivos, totalmente legítimo, que pode indicar a necessidade de tratamento ortodôntico.

Outra situação é quando o paciente sente dores musculares ou articulares. Nossa boca é completamente integrada com outras partes do corpo, como o crânio e o pescoço. Por isso, não é raro que esses desconfortos sejam causados por problemas relacionados a posição dos dentes na cavidade bucal.

Se o paciente tem dúvidas sobre isso, é indicado procurar um ortodontista para que ele avalie a necessidade do uso de aparelho. O dentista deve investigar o histórico do paciente e solicitar exames clínicos para fazer o diagnóstico. Geralmente são utilizadas radiografias e moldes de gesso para identificar problemas ortodônticos.

Tratamentos com aparelhos mais estéticos

Caso o paciente necessite de tratamento ortodôntico o cenário atual é bem promissor. Isso porque um dos maiores avanços que ocorreram na área de Ortodontia é em relação a estética. Atualmente, os aparelhos se tornaram muito mais práticos e discretos.

Além disso, houve diversos avanços com os exames de imagem 3D, que possibilitam uma visão perfeita da boca do paciente. As imagens tridiomensionais permitem que o computador crie o protótipo ideal da mandíbula. Com isso, os tratamentos se tornam muito mais precisos.

Tudo isso ajudou a aumentar o uso dos aparelhos pela população adulta. Vale lembrar que não existe idade certa para colocar aparelho. É claro que quanto antes for feito o tratamento melhor para a qualidade de vida do indivíduo. No entanto, os pacientes adultos podem e devem procurar por um ortodontista para alinhar corretamente os dentes.

Principais especialidades da Ortodontia

* Aparelho fixo

O aparelho fixo é o tipo mais tradicional que existe. Ele é composto por um fio metálico, bandas e brackets. Estas peças ficam fixadas no dente forçando-os a se movimentarem para a posição correta. Existe o modelo metálico, mais convencional, e o aparelho fixo estético. Este último possui materiais transparentes em sua composição, como a porcelana ou a safira. Com isso, o aparelho se torna mais discreto.

* Invisalign

O Invisalign é o alinhador transparente mais avançado do mundo. As placas são feitas de acetato e tornam o sorriso muito mais discreto. Os alinhadores são feitos de acordo com as medidas do paciente e são cortados de acordo com a linha gengival. Tudo isso é possível graças à tecnologia de impressoras 3D de última geração. Além da questão estética, outra vantagem do produto é que promove um tratamento mais rápido.

* Mini Implante

Os mini implantes são uma das maiores inovações no campo da Odontologia. Consiste em uma peça pequena feita de titânio, material de excelente aceitação pelo organismo humano. Esta peça é fixada na região gengival para auxiliar durante o tratamento ortodôntico. Sua ação principal é apoiar o movimento dos dentes sem que haja prejuízo para os dentes que já estão alinhados. Por isso, diferente do implante propriamente dito, ele serve para sustentar o aparelho ortodôntico e não para substituir um dente.

* Ortopedia Maxilomandibular

Esta especialidade cuida da harmonia entre os ossos do crânio, da face e da região maxilar e mandibular. Sendo assim, o ortodontista avalia se os problemas de oclusão (mordida) podem estar relacionados com o posicionamento dos ossos em outras regiões do corpo. Problemas dentais relacionados a postura e musculatura também são tratados por este profissional.

* Contenção

A contenção é um fio de aço utilizado após o final do tratamento com aparelho ortodôntico. Sua utilização é de extrema importância para evitar que os dentes voltem a se movimentar depois de alinhados. Seu princípio é de reeducar os dentes a permanecerem no local em que estão, evitando que eles voltem para sua posição anterior. Existem vários tipos de contenção, que podem ser tanto fixas quanto móveis.


**Nenhuma das informações acima confirmam o diagnostico do paciente e não substitui uma consulta presencial.

 

 

 

Erica Jin - Doctoralia.com.br

Experiências

DR. FÁBIO DUARTE

CROSP 109503
CIRURGIÃO BUCOMAXILOFACIAL

DR. FABIO PEREIRA

CROSP 109504
ENDODONTIA

DR. RAFAEL YOO

CROSP 145860
MÉDICO & RADIOLOGISTA